Anúncios

Arquivo

Archive for the ‘Novelas’ Category

Novo Mundo: Sebastião flagra Cecília com Libério e castiga Idalina

 

Sebastião (Roberto Cordovani) volta para o Rio de Janeiro depois de uma viagem ao Nordeste e, ao chegar à cidade, encontra Cecília (Isabella Dragão) e Libério (Felipe Silcler) caminhando juntos de mãos dadas.

Revoltado com a imagem da filha com o jornalista, ele ataca o jovem e logo é surpreendido pela notícia de que eles se casaram na sua ausência. “Estamos casados. Ela agora é minha mulher, ninguém mais vai humilhar, nem prender Cecília em casa! Ela está livre”, afirma.

Com a informação, o comerciante fica sem ter o que fazer, mas promete vingança. “Este casamento é indecente, uma verdadeira afronta à família, seus imorais!… Isso não fica assim!”, dispara.

Furioso, Sebastião corre para casa e culpa Idalina (Dhu Moraes) por ter permitido o casamento entre os dois. Sem nenhuma piedade, arrasta a escrava para o tronco e causa um burburinho na cidade. “Você nunca soube o que é um tronco! Esse foi o meu erro! Mas agora você vai saber!”, diz.

Ela se desespera e tenta sair da situação cruel. “Não faz isso, seu Sebastião… não me castiga… o senhor nunca me bateu, eu sou uma velha…”, comenta. Matias (Renan Monteiro) corre para ajudar a mãe e sugere ser colocado no tronco no lugar dela. “Não vou deixar ninguém bater na minha mãe! Ela não teve culpa de nada. Se quer descontar em alguém, bate em mim”, conclui.

Anúncios

Novo Mundo: Hugo e Elvira se beijam

Divulgação – TV Globo

Hugo (César Cardadeiro) chegou à cidade um tanto misterioso e parece estar atrás de alguma coisa que lhe pertence na taberna. Germana (Vivianne Pasmanter) percebe um comportamento estranho do rapaz em seu quarto e o flagra mexendo em suas coisas. Para se livrar da acusação, Hugo justifica que é apaixonado por ela e por isso procurava objetos que a pertencessem para cheirar. Ele só não esperava que essa ideia fosse trazer muito tormento para os dias seguintes, afinal, Germana acreditou e começou a investir no jovem.

Mas, quando Hugo descobre que Elvira (Ingrid Guimarães) está viva e se disfarça de Madame Dalila, descobre também um amor genuíno pela atriz. Passa a confortá-la quando ela desabafa sobre a saudade que tem de Quinzinho (Theo de Almeida) e do passado ao lado de Joaquim (Chay Suede). Com o convívio diário e sendo a única pessoa com quem ela pode dividir seu segredo, acaba se apaixonando ainda mais. E decide fazer uma surpresa.

Ao chegar à casa da amada, lhe entrega uma flor. Como sempre faz, Elvira finge que não gostou, mas, no fundo, ama a atitude do rapaz e fica encantada. “Uma flor?! Vivo a receber! À grande atriz, flores e aplausos! Mas como sou magnânima, fiz uns petiscos para comermos!”, fala.

Sua felicidade dura pouco, pois logo se lembra de Quinzinho. Hugo percebe e ressalta que é capaz de qualquer coisa para fazê-la feliz. Prontamente, a atriz pede que ele seja a plateia dela, avisa que vai apresentar um espetáculo teatral, e para ficar ainda melhor, o convida para fazerem a cena juntos.

“Achou que ia te deixar de fora?! Percebi seus interesses, danadinho! Vamos contracenar! Estarás em cena com a diva, de igual para igual… Jamais! Porém, interpretando uma cena de amor!… Por que?! Por que me censurais o amor?! Me censurais… o amor…?! Ou não?!”. E é durante a fala de Elvira que Hugo não resiste e a beija.

Os Dias Eram Assim: Nanda se sente mal e médico investiga sintomas

Divulgação – TV Globo

Uma febre recorrente. Os indícios de que algo não vai bem com a saúde de Nanda (Julia Dalavia) já estão perceptíveis para quem está ao seu redor. Mas é a partir dos próximos episódios que a trama da personagem, irmã da fotógrafa Alice (Sophie Charlotte), passa a se desenvolver em torno da saga até a descoberta de que ela é portadora do vírus HIV, contraído no período no qual a jovem viveu nos Estados Unidos. 

O namorado, o surfista Caíque (Felipe Simas), é o primeiro a insistir para que ela investigue os sintomas. “Tem que ver essa febre, Nanda. Disse que ia ao médico e não foi”, comenta. Depois, é a vez da mãe, Kiki (Natália do Vale), e Sandoval (Ricardo Blat). Eles a amparam quando veem a jovem de cama, novamente com a temperatura alterada.  “Está com uma leve alteração nos gânglios cervicais. Vou pedir uns exames de sangue para investigar”, avalia o médico, chamado para atender Nanda. Alice também se preocupa. “Precisa fazer esses exames logo para descobrir o que tem”.

Novo Mundo: Jacira e Piatã se casam na aldeia

Divulgação – TV Globo

Jacira (Giullia Buscacio) e Piatã (Rodrigo Simas) enfrentaram muitos obstáculos até decidirem se casar. Ao chegar ao Rio de Janeiro, Piatã não sabia quase nada sobre sua origem e logo teve a oportunidade de passar mais tempo com os índios na aldeia dos Tucarés. Foi nesse momento que conheceu um pouco mais a guerreira Jacira.

Forte e determinada, ela sempre mostrou que era diferente das outras mulheres que vivem por lá. Sempre lutou pelo seu espaço e pela igualdade entre homens e mulheres. Quer poder caçar e lutar como os guerreiros, o que provoca muitos desentendimentos com o Cacique Ubirajara (Allan Souza Lima). Mas Piatã nunca disfarçou a admiração que tinha pela jovem e agora, com a missão de se tornar Pajé, aceitou casar-se com ela após o pedido oficial da jovem, contrariando toda a tradição indígena.

Tibiriçá (Roney Villela) garantiu para Piatã que a união entre os dois não vai prejudicar seu destino, o que o deixou ainda mais seguro sobre a decisão. Enquanto isso, Jacira está cada vez mais empenhada em realizar as tarefas das mulheres para conquistar o seu amado.

Na primeira noite juntos, como marido e mulher, Piatã ressalta a importância de Jacira ter acreditado no amor. “Eu te agradeço por ter mantido nosso amor aceso. Devo muito a você, Jacira. Me ensinou a ser índio e a ser homem. Nunca tinha estado com uma mulher antes de você”, diz. E para a felicidade da índia, ele reforça a promessa que fez. “Você vai poder viver como quiser, fazer o que quiser. Pode caçar, correr pelas matas, ser você mesma. Eu não buscava uma esposa. Buscava você. O seu amor. E não existe amor sem liberdade”, declara-se.

Caíque despreza Monique em “Os Dias Eram Assim”

Divulgação – TV Globo

O encontro armado pelos irmãos para reaproximar Caíque (Felipe Simas) da mãe deles, Monique (Letícia Spiller), não foi suficiente para apagar a mágoa cultivada nos cinco anos em que ela esteve longe da família. De volta ao Rio, a ex-mulher de Toni (Marcos Palmeira) está disposta a tudo para reconquistar o primogênito. No episódio que vai ao ar nesta quinta-feira (13/07), Monique vai à praia atrás de Caíque, tentando uma nova aproximação.

“Podemos conversar? Fiquei sabendo da prisão. Me preocupei. Não vou tomar muito seu tempo”, diz Monique, referindo-se ao episódio em que o surfista e a namorada, Nanda (Julia Dalavia), foram detidos.

“Sei que decepcionei  você, mas tudo nessa vida tem um motivo para ser. Não adianta eu pedir perdão, porque não sei se voltando no tempo não ia fazer aquilo que eu fiz de novo. Eu precisava, eu queria, eu me sentia muito sufocada, filho, pela vida. Mas estou disposta a recomeçar. Não podemos recomeçar de onde paramos? Eu te amo muito”, afirma.

Impaciente, Caíque não se comove com o apelo da mãe. “Você vai mesmo falar de amor?”, ironiza. “Não existe segunda chance, porque nada vai voltar a ser como era. Nada”, diz, irredutível: “Quer o meu bem? Então vá embora”.