SBT e Mixer fazem esclarecimento sobre nova temporada da série A Garota da Moto

Divulgação SBT

A assessoria do SBT encaminhou comunicado oficial sobre boatos que envolvem “A Garota da Moto 2”. Segue na íntegra:

“Ao contrário do que está sendo divulgado pelos veículos de comunicação sobre a mudança do elenco da segunda temporada da série A Garota da Moto, o SBT e a Mixer Films esclarecem que todo o casting da primeira temporada deverá ser mantido na nova produção, assim como outros personagens serão adicionados à ficção.

A primeira temporada da A Garota da Moto registrou excelentes índices de audiência para o SBT e sua exibição no canal FOX Life está prevista para o mês de novembro”.

TV Aparecida garante boa audiência com Festival Mazzaropi em horário nobre

Divulgação

A TV Aparecida tem motivos de sobra para festejar a audiência que vem conquistando nas últimas semanas desde a estreia do Festival Mazzaropi. Durante a exibição do filme “Jeca Tatu” no dia 21 deste mês, em seus melhores momentos o canal atingiu picos de 1.5, e chegou a ficar em 5º lugar na Praça São Paulo. Na média geral a TV se manteve em 6º lugar e obteve a marca de mais de 252 mil telespectadores que assistiram por pelo menos um minuto ao filme. 

Com a exibição dos três primeiros filmes que já foram ao ar, a emissora conquistou mais de 475 mil telespectadores. Os dados foram extraídos do Ibope MW (GSP – Grande São Paulo), onde 1 ponto equivale a 69.416 domicílios.

Nesta semana a TV Aparecida exibe “Meu Japão Brasileiro”. O amor e ao mesmo tempo o preconceito entre pessoas de etnias diferentes são o ponto alto do filme, comédia de 1965, que foi produzida para levar muita ação e diversão aos fãs de Mazzaropi. O filme que vai ao ar nesta quarta-feira (28/09), às 20h40 na TV Aparecida, mostra um “jeca” quase urbano, onde a cultura japonesa perpassa pelas cenas, pontuando todas as coisas.

Filmado na “Fazenda da Santa”, em Taubaté, interior de São Paulo, com distribuição da PAM Filmes, o longa tem trilha sonora de Hector Lagna Fietta e números musicais com Mazzaropi e Rosa Pardini (que dubla Célia Watanabe). Os títulos de abertura são de Roberto Miller e Regis Chieregatti, inspirados em temas tradicionais japoneses. Tem ainda canções de Mário Zan e Elpídio dos Santos e a participação de Zilda Cardoso (atriz que fez a “Dona Catifunda” na Praça da Alegria e na Escolinha do professor Raimundo).

Em uma comunidade rural nipo-brasileira, Mazzaropi é um agricultor chamado “Fofuca”, que enfrenta a exploração descarada do “seu Leão”, responsável por intermediar os negócios entre os produtores e o comércio na cidade. Após muito penar em suas mãos, “Fofuca” articula com os camponeses a formação de uma cooperativa agrícola. Mas, “seu Leão” e seus filhos não veem com bons olhos esta iniciativa e, vão fazer de tudo para impedir “Fofuca” e seus amigos de conseguirem se dar bem neste Japão brasileiro. 

Globo é indicada ao Emmy Internacional 2016 em cinco categorias

4541e-globo-300x214

Mais uma vez, as produções da Globo entram para a lista das melhores do mundo. Reconhecidos pela Academia Internacional de Artes e Ciências da Televisão, atrações e elenco da emissora foram indicados, em cinco categorias, ao Emmy Internacional 2016, o principal prêmio de televisão do mundo. Duas obras da Globo concorrem na mesma categoria ‘Melhor Novela’: ‘A Regra do Jogo’, de João Emanuel Carneiro, e ‘Verdades Secretas’, de Walcyr Carrasco’.

Por suas atuações nestas tramas, Alexandre Nero disputa o prêmio de ‘Melhor Ator’ e Grazi Massafera o de ‘Melhor Atriz’, respectivamente. A Globo ainda participa na categoria ‘Melhor Comédia’ com o programa ‘Zorra’, e em ‘Minissérie’ com ‘Os Experientes’, uma coprodução com a O2 Filmes exibida em 2015.

Na categoria ‘Comédia’, a Globo foi indicada com ‘Zorra’ e tem produções da França, Reino Unido e África do Sul como concorrentes. E ‘Os Experientes’, uma coprodução da Globo com a O2 Filmes, disputa o prêmio na categoria ‘Minissérie’ com obras do Reino Unido, Alemanha e Coreia do Sul.

O anúncio dos finalistas foi feito pela Academia Internacional de Artes e Ciências da Televisão. Os vencedores serão conhecidos em uma cerimônia de gala, que será realizada no dia 21 de novembro, em Nova York, Estados Unidos.

Danilo Gentili recebe a dupla Jads e Jadson nesta quarta, 28

Dia de sertanejão no The Noite desta quarta-feira, 28 de setembro. Danilo Gentili recebe uma das duplas de maior sucesso na atualidade, Jads e Jadson. Eles vêm para contar sobre oboom na carreira e seus novos projetos. É hoje, logo após o Programa do Ratinho.

É Notícia: Paulo Câmara fala sobre polêmica envolvendo nomeação do filho de Eduardo Campos a chefe de gabinete

Divulgação RedeTV

No programa ‘É Notícia’ exibido nesta semana pela RedeTV!, Amanda Klein entrevistou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara. Formado em Economia, Paulo foi secretário da Administração, do Turismo e da Fazenda de Pernambuco durante administração do então governador Eduardo Campos.

Na entrevista, ele falou um pouco sobre sua trajetória na política, disse que se sente honrado por ser um servidor público e citou os principais desafios que encontra para melhorar a vida da população pernambucana.

Ao falar sobre seu antecessor, Paulo elogiou a gestão de Eduardo Campos: “Se ele fosse o Presidente da República, nós não estaríamos passando pelo que estamos passando hoje”. E continuou: “Porém, ele nos preparou. Não somente a mim, mas um conjunto de colaboradores para fazer a gestão e cuidar para que a máquina pública realmente funcione. Eduardo foi eleito com 83% dos votos. Ele reuniu Pernambuco em torno de seu governo”.

 A apresentadora questionou Paulo sobre a polêmica envolvendo João Campos, filho do ex-candidato à presidência do país, que foi nomeado a chefe de gabinete no início deste ano. “Em 2015 eu o convidei para participar da equipe e ele foi muito sincero ao dizer que queria se formar primeiro. Com 22 anos ele terminou a faculdade de Engenharia Civil e já vinha de uma trajetória política com o pai”, pontuou o governador. “João conhece sobre o assunto, tem minha confiança e chefe de gabinete é isso. Precisa ter a confiança do governador, sensibilidade política, vontade de trabalhar e todos esses atributos ele tem. É o primeiro a chegar e o último a sair”, disse.

Ao citar a meritocracia na política, assunto bastante comentado após nomeação de João, Paulo se diz tranquilo. “Não privilegio ninguém. Cobro trabalho, objetivos, metas e prazos cumpridos. Governo é feito pela meritocracia e respondemos às críticas assim: trabalhando”, revelou.  

Além disso, Paulo também falou sobre o governo de Michel Temer e espera que o Brasil volte a crescer. “Ainda há um prazo pra gente aguardar, medidas econômicas precisam ser aprovadas, reformas que precisam ser feitas, mas que não tirem conquistas que precisam ser mantidas e não falte dinheiro para educação, saúde e segurança”, concluiu.