Anúncios

Archive

Archive for the ‘Noticias da TV’ Category

Christiane Pelajo, Miguel Falabella e Artur Xexéo apresentam melhores momentos do Oscar 2017

Divulgação TV Globo

O domingo de carnaval (26/02) é dia de celebração da fantasia em dose dupla: no sambódromo e no cinema.

Com a coincidência de datas, a Globo exibe os melhores momentos do Oscar 2017 na segunda-feira (27/02), às 15h20. A gravação, no entanto, acontece ao vivo na noite de domingo. À frente da apresentação, a estreante Christiane Pelajo está animada. “Eu adoro o Oscar e amo cinema! Sou uma super telespectadora”.

Pelajo terá a seu lado comentando a premiação o veterano em transmissões do Oscar, Artur Xexéo, e o estreante na função, Miguel Falabella. “O Oscar é um assunto que me interessa profundamente. Minha ligação com ele é de público mesmo, sou um telespectador. E irei nessa linha, trazendo informações que interessem as pessoas em geral, falar sobre o que elas querem saber”, diz Falabella sobre sua participação. Miguel acredita que esta seja uma das melhores safras dos últimos anos de filmes indicados, mas um em especial chamou sua atenção: “’Moonlight: Sob a Luz do Luar’ foi o que mais me surpreendeu como linguagem. É o tipo de filme que a gente acorda no dia seguinte pensando nele”, aposta no longa que tem oito indicações ao Oscar, incluindo “Melhor Filme”.

Xexéo concorda quanto a qualidade dos filmes indicados. “Dos nove filmes indicados à categoria de “Melhor Filme”, eu gostei dos nove. No entanto, acho que ‘La La Land: Cantando Estações’ vai ganhar de lavada. A questão não me parece ser se vai ganhar ou não, mas quantas estatuetas o filme vai levar. Tudo indica que fature a maioria dos votos”, aposta.

Uma das surpresas, na sua opinião, é o prêmio de “Melhor Ator”. “Esta talvez seja a categoria mais indefinida. Uma das poucas sem favoritismo. Eu fico entre o Casey Affleck, de “Machester à Beira Mar” e Denzel Washington, em “Um Limite Entre Nós”, opina.

Os melhores momentos do ‘Oscar 2017’ serão exibidos na segunda-feira, dia 27 de fevereiro, às 15h20, após o ‘Especial Carnaval’. O programa tem direção de Bernardo Portugal e tradução simultânea de Anna Luiza Vianna.

Anúncios

Arte 1 lança série “Homo Brasilis” nesta sexta com Deborah Colker

 

O canal Arte 1 estreia nesta sexta-feira (24/02), às 19h, Homo Brasilis. A série mergulha no imaginário de ícones do nosso tempo, mapeando a composição de suas mentes criativas com uma linguagem contemporânea leve e instigante.

A nova atração do Arte 1 é uma jornada pela tridimensionalidade de personalidades levando em conta suas origens, sua vida pessoal, suas obras e suas referências. A intenção é desconstruir as identidades dessas mentes a partir das múltiplas influências: artísticas, sociais, culturais e hereditárias, refletidas no seu legado.

Com 13 episódios de 26 minutos, a série convida nomes como Deborah Colker, Arnaldo Antunes, Lenine, Angelo Venosa, Roberta Sudbrack, Ronaldo Fraga e Amir Haddad, que fazem história em seus vários campos de atuação conjugando multiculturalismo, vanguarda e tradição em suas obras e carreiras.

O episódio de estreia revela ao público as particularidades, o processo criativo e o cotidiano da bailarina e coreógrafa carioca Deborah Colker. A série revisita o passado de Deborah desde seus tempos de jogadora de vôlei e estudante de piano para entender que elementos fizeram dela um dos maiores nomes da nossa dança contemporânea, reconhecida nacional e internacionalmente.

Através de depoimento do amigo e parceiro Gringo Cardia, do ex-marido e sócio João Elias e da filha Clara Colker, o episódio constrói uma retrospectiva dos marcos mais importantes da vida e trabalho de Deborah, abordando os obstáculos, as superações e os frutos que os últimos 23 anos dedicados à companhia de dança renderam à nossa protagonista. Tudo isso sem deixar de lado o registro dos traços de personalidade e hábitos da obstinada e intensa Deborah.

Homo Brasilis – uma coprodução do Arte 1 com Giros Produtora – vai ao ar toda sexta-feira às 19h.

SBT Folia 2017″ mostra Carnaval de Salvador a partir desta sexta

Divulgação SBT

O SBT é pela 7ª vez a emissora oficial do Carnaval de Salvador, evento que será transmitido para todo o Brasil no “SBT Folia 2017”, toda noite, durante 5 dias consecutivos, a partir desta sexta-feira (24/02).

Celso Portiolli, Karyn Bravo, Helen Ganzarolli e Léo Sampaio (apresentador da TV Aratu e especialista na folia baiana) são as estrelas do SBT escaladas para comandar a festa e levar diversão e informação para todo o Brasil com os registros dos artistas que arrastam multidões em seus trios elétricos, além de diversos flagras dos foliões baianos.

A transmissão deste ano acontece a partir da noite de sexta-feira, 24 de fevereiro, às 23h, direto de um estúdio exclusivo do SBT no Circuito Barra/Ondina. O último dia de transmissão será na terça-feira, dia 28 de fevereiro, a partir das 23h.

O SBT traz ainda para a transmissão a participação especial de Léo Lins, Juliana Oliveira e Murilo Couto (integrantes do programa The Noite com Danilo Gentili) para aprontar todas com muito bom-humor nas ruas de Salvador.

Além deles, Milene Pavorô e Valentina (do Programa do Ratinho) também mostram de maneira irreverente o dia a dia de uma das festas mais populares do planeta, enquanto Léo Dias (do programa Fofocalizando) completa o time especial com informações diretamente do camarote da emissora sobre as celebridades que passam pelas terras baianas.

 

Confira a programação de transmissão do SBT Folia 2017:

 

Sexta-feira, 24 de fevereiro: das 23h à 01h

Sábado, 25 de fevereiro: das 21h30 à 01h

Domingo, 26 de fevereiro: das 01h às 02h

Segunda-feira, 27 de fevereiro: das 23h à 01h

Terça-feira, 28 de fevereiro: das 23h à 01h

Quatorze programas festejam Carnaval no SescTV

Divulgação SescTV

Quatorze programas, entre documentários, dramaturgia, debate, shows, séries e espetáculo de dança, abordam o Carnaval e suas diversas expressões entre 24 e 28 de fevereiro, no SescTV.

As exibições começam com a dramaturgia de Antunes Filho em Lamartine Babo, dirigida por Emerson Danesi e encenada pelo Centro de Pesquisa Teatral – CPT, do Sesc. No espetáculo, que vai ao ar no dia 24/2, sexta, às 23h, um grupo de atores – que prepara uma homenagem ao compositor – recebe a visita do misterioso Silveirinha.

No dia 25/2, sábado, às 12h, é a vez do documentário Espia Só, dirigido por Saturnino Rocha. A produção mostra a trajetória do maestro e compositor gaúcho Octávio Dutra (1884 – 1937), autor de mais de 500 músicas, entre choros, sambas e valsas. Outro documentário, A Linha e o Passo, de Talita Miranda, retrata a identidade visual das ruas de Recife no carnaval, no dia 28/2, terça, às 15h30.

Diversos sons que permeiam a maior festa brasileira podem ser apreciados em cinco episódios da série Coleções, com direção geral de Belisario Franca. O primeiro, Carnaval, narra histórias de dois blocos cariocas: Cordão do Boitatá e Cacique de Ramos, no dia 25/2, sábado, às 13h30.

O segundo, Frevo, fala sobre esse ritmo, tanto na música como na dança, no dia 26/2, domingo, às 13h30. Já o episódio Samba Enredo aborda a tradição das composições feitas para desfiles de carnaval nas principais escolas de samba do Rio de Janeiro, no dia 27/2, segunda, às 11h.

Neste mesmo dia, às 16h, Folguedos: Afoxé apresenta o ritmo Ijexá; e, ainda neste dia, às 23h30, Patrimônios da Humanidade – Centro Histórico de Olinda (PE) mostra a cidade que é berço do tradicional carnaval de bonecos gigantes.

Voltando ao dia 25/2, sábado, às 21h, vai ao ar Praça da Estação BH, episódio da série Arquiteturas, dirigida por Paulo Markun e Sergio Roizenblit. A produção fala sobre a ocupação cultural da população em locais do centro de Belo Horizonte, a começar pela Praça da Estação, local do projeto Praia da Estação e do carnaval de rua.

No mesmo dia, às 22h, o show Paula Lima e D. Ivone Lara cantam Clementina de Jesus lembra canções que marcaram época na voz da homenageada. Outro show, Ska Maria Pastora, traz, no dia 26/2, domingo, às 18h, o noneto pernambucano que funde ska e frevo, com influências do jazz, reggae, da ciranda, entre outros.

Ainda no dia 26/2, domingo, às 17h, vai ao ar O Samba Pede Passagem, da série Contraplano, dirigida por Luiz R. Cabral. A produção analisa o samba como identidade cultural a partir dos filmes: Garotas e Samba (1957), direção Carlos Manga; O Mandarim (1995), direção Júlio Bressane; Paulinho da Viola – Meu Tempo é Hoje (2003), direção Izabel Jaguaribe; e Cartola – Música Para os Olhos (2006), direção Hilton Lacerda e Lírio Ferreira. Com participação do professor de filosofia Celso Favaretto e do artista plástico Luiz Aquila.

O canal apresenta ainda outras três atrações com o tema carnaval, todas no dia 28/2, terça. Às 17h, o episódio Alegorias e Estresse nas Avenidas, da série Estilhaços, dirigida por Kiko Goifman; às 18h, a coreografia Sapatos Brancos, encenada pelo Núcleo Artístico Luís Ferron, exibida na série Dança Contemporânea, com direção para TV de Antonio Carlos Rebesco; e, às 23h, O Choro da Cuíca, da série Temporal, também com direção de Kiko Goifman, mas desta vez em parceria com Olivia Brenga.

Filmagens de “Detetives do Prédio Azul” chegam ao fim no Rio

Divulgação

André Pellenz terminou de rodar no Rio Detetives do Prédio Azul (D.P.A.) – O Filme, que vai levar para os cinemas as aventuras de três amigos inseparáveis no clubinho secreto criado para investigar os estranhos acontecimentos do prédio onde moram. Com produção da Paris Entretenimento, coprodução do canal Gloob e da Globo Filmes e distribuição da Paris Filmes e da Downtown Filmes, o longa será lançado em julho de 2017.

A série que deu origem ao filme estreou no canal Gloob em junho de 2012 e acumula oito temporadas exibidas. “Transformá-la em filme foi o caminho natural a ser seguido”, conta André Pellenz.

“O público se envolveu com os mistérios da trama e a relação de amizade entre a turma. A gente partiu desse mote de descobertas e brincadeiras para construir o filme como uma aventura lúdica, uma história de amigos que tem humor e até um vilão sobre o qual prefiro guardar segredo”, diz.

“Para nós é um prazer extrapolar os limites do Prédio Azul, não apenas do ambiente interno para o externo (teremos locações incríveis no filme), como também da tela da TV para a tela grande. D.P.A. é a nossa série nacional de maior sucesso, e estamos confiantes de que o público vai adorar o filme. Será um presente para os fãs e também uma ótima maneira para outras crianças conhecerem a série”, afirma Paula Taborda dos Guaranys, gerente de Conteúdo e Programação do Gloob.

No longa, Bento (Anderson Lima), Sol (Leticia Braga) e Pippo (Pedro Henrique Motta) vão unir forças para salvar o Prédio Azul de uma demolição. Enquanto desvendam os mistérios que condenaram o prédio, eles precisam lidar com a temida síndica, Dona Leocádia (Tamara Taxman), que parece estar sob efeito de um poderoso feitiço. No improvisado clubinho móvel, eles vestem suas capas e se tornam os Detetives do Prédio Azul. Mas, nesta importante missão, na qual o futuro do prédio está em risco, eles não estarão sozinhos. O trio terá a ajuda dos detetives veteranos: Tom (Caio Manhente), Mila (Leticia Pedro) e Capim (Cauê Campos), além do atrapalhado porteiro Severino (Ronaldo Reis).

O elenco conta com participações especiais: Aílton Graça, Carol Futuro, Charles Myara, George Sauma, Luciano Quirino, Maria Clara Gueiros, Mariana Ximenes, Miriam Freeland, Sávio Moll, Suely Franco e Otávio Muller.

“A produção foi toda concentrada no Rio de Janeiro, onde gravamos em estúdio e em locações que vão enriquecer a trama”, explica Sandi Adamiu, diretor da Paris Entretenimento. Observatório Nacional, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Arsenal da Marinha estão entre os destaques das locações do filme. “Produzir um filme nacional que ressalta a abordagem lúdica da série é um grande privilégio”, finaliza.