Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘record’

Record TV Itapoan lidera audiência por mais de 6 horas

 

Nesta quarta-feira (12/07), a Record TV Itapoan permaneceu em primeiro lugar por 6h30min em Salvador e marcou 13 pontos de média dia. Com este resultado, conquistou a vice-liderança absoluta, com apenas 2 pontos a menos que a TV Globo e 6 pontos a mais que o SBT.  

A emissora também foi líder isolada nas médias manhã e tarde com  9 e 14,3 pontos, respectivamente. No horário nobre, o índice foi significativo, 13,8 pontos, garantindo o segundo lugar.

Os programas que chegaram ao primeiro lugar e somaram 6h30 de liderança:

O Bahia no Ar garantiu a liderança isolada com 12 pontos de média, pico de 14 pontos e share de 41% em sua faixa de exibição, das 7h30 às 8h55.

O Fala Brasil foi líder isolado e registrou média de 9 pontos, pico de 11 pontos e share de 28%, na faixa das 8h55 às 10h.

O Balanço Geral BA consolidou o primeiro lugar absoluto com média de 19 pontos, pico de 22 pontos e share de 38%. O programa foi exibido do meio-dia às 15h.

A novela Ribeirão do Tempo também garantiu a liderança isolada com 13 pontos de média, pico de 20 pontos e share de 29%, na faixa de 15h às 15h56.

Os dados são do Kantar Ibope Salvador.

Anúncios

RICTV – Record TV fica na vice-liderança de audiência em Curitiba

Divulgação

A RICTV | Record TV está consolidada desde dezembro de 2016 na vice-liderança de audiência em Curitiba. Em junho, a emissora manteve o posto e registrou média de 6,3 pontos e 14,5% de share na faixa horária das 07h00 – 24h00. Na mesma faixa a Rede Massa obteve 6,0 pontos e 13,8% de share e ficou na terceira colocação.

Diversas atrações da RICTV | Record TV se destacaram na audiência em junho, como: a novela Escrava Isaura, com média de 13,3 pontos; o programa Balanço Geral com 8,4 pontos, e os dominicais Domingo Espetacular com 11,7 pontos e o Hora do Faro com 9,1 pontos.

A faixa horária das 22h40 às 00h00, ocupada em boa parte do mês pela linha de show da emissora com os programas Power Couple e A CASA, nas terças e quintas-feiras, também obteve boa audiência em junho. Nas terças a média de audiência registrada foi de 7,0 pontos e nas quintas de 7,4 pontos. 

FONTE: Kantar IBOPE Media | TR Premium | Curitiba | Média dia 07h00-24h00 | RICTV x Concorrentes | 01/12/2016 a 30/06/2017.

Programa do Ratinho vence final do Dancing Brasil

Foto – Divulgação – SBT

Na última segunda-feira (26/06), “Programa do Ratinho” foi ao ar das 22h26 às 23h34 e consolidou a vice-liderança isolada com 8,6 pontos de média, 13,2% de share e 11 pontos de pico.

Na mesma faixa horária a Record TV marcou 7,6 pontos de média.

Durante o confronto com a grande final do “Dancing Brasil”, das 22h40 às 23h34, o programa do SBT marcou 8,7 pontos de média contra 7,5 da concorrente.

Final do “Dancing Brasil” bate recorde de audiência em Belo Horizonte, Salvador e Vitória

 

A grande final do “Dancing Brasil” aconteceu, ao vivo, na noite de ontem (26/06), direto do Rio de Janeiro. Xuxa Meneghel comandou a atração e anunciou a dupla Maytê Piragibe e Paulo Victor como vencedora desta primeira temporada.

Na faixa em que foi exibido, 22h40 à 0h15, o programa garantiu a melhor audiência da temporada em Belo Horizonte, Salvador e Vitória.

Em Belo Horizonte, o Dancing Brasil conquistou o recorde e a vice-liderança isolada, ao atingir média de 11 pontos, quase o dobro alcançado pelo SBT que registrou 6 pontos de média. O pico foi de 12 pontos e o share 23%.

Em Salvador, o talent show também garantiu o segundo lugar absoluto com 9 pontos de média, pico de 10 pontos e share de 19%. O SBT marcou 7 pontos de média.  

Em Vitória, o programa foi vice-líder com 7 pontos de média, 8 pontos de pico e share de 16%, enquanto o SBT alcançou 4 pontos de média.

Record estreia “A CASA” nesta terça, 27

Divulgação Record TV!

O que acontece quando 100 desconhecidos são desafiados a conviver juntos em uma casa projetada para comportar apenas quatro pessoas? Esta é a proposta de A CASA, novo reality show da Record TV, que estreia nesta terça-feira (27/06), logo após o Jornal da Record, sob o comando de Marcos Mion. Uma mistura de personalidades de diferentes classes sociais, religiões, etnias e profissões.

O grande diferencial é que quem administra o prêmio inicial de R$ 1 milhão são os próprios participantes. Os mantimentos da casa são suficientes apenas para uma pequena família, e são os confinados quem vão determinar o que é necessário comprar para sobreviver dentro da residência.

Todos os dias, eles, que entrarão na casa com apenas uma caixa contendo seus pertences pessoais, receberão uma cesta básica suficiente para apenas quatro pessoas. Na casa, de 120m², existem apenas quatro camas, quatro toalhas e apenas dois banheiros. Ou seja, cerca de 1m² de espaço para cada participante.  

Será com o dinheiro do prêmio que os participantes podem e devem comprar os principais mantimentos (comida, produtos de higiene pessoal e de limpeza, entre outros) para a casa. A administração dessa verba promete gerar conflitos entre os confinados.

A cada semana, os participantes elegem um dono da casa, por votação interna. Ele será o responsável pelas regras do local além de gerir o uso do dinheiro, que pode ser com ou sem o consentimento dos demais colegas. Além de ser o único com direito a uma suíte privativa com todo o conforto, ele terá ainda o privilégio de comprar algo só para ele ou até mesmo os seus protegidos.  

Mas essa simples eleição também vai gerar discórdia, já que os menos votados ou populares entram no mural vermelho do local e correm o risco de serem eliminados. Os outros seguem no mural verde e continuam na competição.

Entre as regras, o dono sorteará quantos candidatos serão eliminados na semana. A qualquer momento, um participante pode deixar a casa.

Marcos Mion ainda poderá oferecer objetos de desejo aos moradores para simplesmente provocá-los. Se eles caírem em tentação, estão eliminados. Durante esse período, passarão por várias tarefas para conquistar alguns benefícios como limpeza de banheiro, comida e festas. 

O reality A CASA vai ao ar às terças e quintas-feiras, logo após o Jornal da Record, com apresentação de Marcos Mion, produção da Fremantle, direção de Edu Pupo e direção geral de Rodrigo Carelli.