Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Profissão Repórter’

Profissão Repórter, hoje (12) a vida de moradores de rua

 Divulgação – TV Globo

Moradores de rua contam experiências em São Paulo e Rio de Janeiro no “Profissão Repórter”

O número de moradores de rua das duas maiores cidades do Brasil mais que dobrou nos últimos 15 anos. Só na cidade de São Paulo, estima-se que existam cerca de 20 mil a 25 mil pessoas em condição de sem teto. O ‘Profissão Repórter’ desta quarta-feira (12/07) acompanha a realidade dessas pessoas e exibe histórias que passam despercebidas por quem transita pelas metrópoles no dia a dia.

A reportagem de Erik Von Poser explica como as operações policiais da Cracolândia, no centro de São Paulo, fez com que parte dos usuários de crack buscassem outros lugares para passar a noite.

O repórter visita essas regiões e mostra quais são as regras de convivência e as táticas utilizadas pelos moradores para se proteger dos perigos da madrugada. Além disso, a repórter Mayara Teixeira conhece Tainá, de 4 anos, que toma banho de água gelada no banheiro do metrô.

Ela, a mãe grávida de oito meses e o irmão de dois anos moram na rua há oito meses, desde que Tamires perdeu o emprego numa confeitaria e deixou de pagar aluguel da casa onde morava com os filhos.

Já no Rio de Janeiro, o repórter Caco Barcellos conta a história do gaúcho Carlos Manoel, de 28 anos. Em condição de rua, Carlos procura emprego na cidade há três meses e um contato com o pai que ele não vê desde os 12 anos de idade. O ‘Profissão Repórter’ acompanha a busca de Carlos por uma vida mais digna e uma aproximação com o pai.

O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar na TV Globo, depois do futebol.

Anúncios

Profissão Repórter, hoje (5) uso da maconha e a polêmica legalização

Divulgação – TV Globo

A Cannabis, popularmente conhecida como maconha, serve de modelo de debate no mundo inteiro. Sua proibição ou legalização são objetos de controvérsias, pesquisas e ativismo, que envolvem questões como saúde, economia e sociedade. No Brasil, não é diferente: a droga ilícita permanece como o psicotrópico mais consumido do país. Para investigar a polêmica acerca do uso e da legalização da maconha, o ‘Profissão Repórter’ desta quarta-feira (04/07) conhece e entrevista pessoas com diferentes realidades sobre o assunto.

Algumas delas são os integrantes da LEAP (Agentes da Lei Contra a Proibição). O repórter Guilherme Belarmino conhece a associação, formada por delegados, polícias, juízes e carcereiros que defendem a eliminação da política de proibição das drogas e a introdução de uma política alternativa de controle e regulação das drogas.

Na Paraíba, o repórter Estevan Muniz conheceu o primeiro cultivo de maconha com aprovação da Justiça. A planta, cultivada para fins medicinais, é utilizada para o preparo do óleo a base de canabidiol e serve para controlar convulsões. A reportagem explica como a ABRACE (Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança) está fazendo testes com o THC, substância da maconha com o efeito psicotrópico, e conversa com pessoas com o Mal de Parkinson que procuram a associação para tomar o extrato.

O ‘Profissão Repórter’ destaca, ainda, a situação do Uruguai, que liberou a maconha esta semana para a venda nas farmácias. Ao todo, foram quatro anos de implantação dos processos de cultivo e distribuição desde a aprovação da lei que permitiu o uso recreativo da droga. O repórter Estevan Muniz esteve em Montevidéu e mostra que a etapa de venda encontra resistência dos donos de farmácia e de parte da população.

O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar na TV Globo, depois do futebol.

CLIQUE AQUI E SAIBA SOBRE OS MALEFÍCIOS DA MACONHA

 

CLIQUE AQUI: SAIBA MAIS SOBRE A DROGA

Profissão Repórter, hoje (28) dia a dia de pessoas obesas

Rogi, Fernanda, Gabi e Akeen. Apesar de não se conhecerem, os quatro fazem parte de uma estatística que se estende pelo território nacional: cerca de 52% da população brasileira está em sobrepeso, segundo dados do Ministério da Saúde. Para mostrar o dia a dia de pessoas que lidam com a obesidade, o ‘Profissão Repórter’ desta quarta-feira (28/06) acompanha a história de cada um e exibe os desafios relacionados ao peso.

Rogi Cezarino vive no Espírito Santo, onde faz o curso de administração. O jovem, de 29 anos, conta à repórter Mayara Teixeira sua dificuldade em lidar com tarefas básicas do cotidiano por conta de seus 208 quilos. Atividades como ir ao banheiro, pegar ônibus, sentar na cadeira da faculdade e comprar roupas são mais difíceis de serem executadas. Só nos últimos dois anos, Rogi diz que ganhou 40 quilos devido a uma depressão e à necessidade de abandonar seu time de futebol americano, em que o peso e o tamanho eram seus grandes trunfos.

Também aos 29 anos, Fernanda está em uma dura batalha para perder 20 quilos até o Natal. Na reportagem de Eliane Scardovelli, a professora mostra que já perdeu cerca de sete quilos mesmo sem o apoio do marido, e desabafa sobre os incômodos que sente ao ser cobrada e ao ouvir piadas feitas pela família.

O programa mostra ainda os modelos plus size no mundo da moda. O repórter Erik Von Poser conversa com Gabi Caroli, modelo que deixou a área de gestão ambiental para se tornar uma das modelos plus size mais requisitadas do mercado, e prova que os desfiles deixaram de ser território exclusivo dos magérrimos. Além dela, a equipe do ‘Profissão Repórter’ conhece também Akeen dos Santos, outro modelo que se divide entre as sessões de fotos durante e o dia e os plantões como enfermeiro à noite.   

O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar às quartas-feiras na TV Globo, depois do futebol.

Profissão Repórter, hoje (21) jovens desempregados no Brasil

Divulgação –  TV  Globo

Os jovens são a maior vítima do desemprego no Brasil. Entre aqueles que têm entre 14 e 24 anos, o índice das taxas trimestrais subiu de 20%, em 2015, para 27,2%, em 2016. Para retratar o que essa população tem enfrentado om a crise econômica e política no Brasil, o ‘Profissão Repórter’ acompanhou, durante dois meses, sua luta para entrar no mercado de trabalho.

Nesta quarta-feira (21/06), a repórter Eliane Scardovelli relata o que viu durante o processo de seleção de trainees de uma empresa multinacional. Ali, 13 mil inscritos concorriam a apenas 11 vagas. “A procura foi tão grande que eles acabaram contratando 15 pessoas. Hoje, mesmo que o candidato tenha uma boa educação, curso de inglês avançado, boa faculdade, isso já não é mais garantia de muita coisa”, comenta a jornalista.

Para conseguir ver de perto como funcionam essas etapas, a equipe do programa precisava estar presente do início ao fim da seleção. “Nós ficamos dois meses acompanhando todos os momentos. O acesso que a gente teve nesta empresa foi muito bom, foi uma conquista, e isso agrega muito à matéria” conta Eliane.

Na outra ponta desse grupo de jovens, estão aqueles de baixa renda que fazem um curso profissionalizante em administração, em que participam até de simulações de entrevistas de empregos. Nathalia Tavolieri registra uma seleção real de trabalho com a jovem desempregada Patrícia Borges.

Já Danielle Zampollo acompanha a correria na vida de Marleyse Morais, que não tem trabalho registrado em carteira, mas batalha em três atividades diferentes e já é responsável pelo sustento de sua família.

O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar na TV Globo, depois do futebol.

Profissão Repórter, hoje (14) jazida de ametista na Serra da Quixaba

Embora o século XVII esteja muito distante, um município no interior da Bahia parece ter voltado à época da descoberta do ouro no Brasil. Os repórteres do ‘Profissão Repórter’ Erik von Poser e Estevan Muniz viajam, nesta quarta-feira (14/06), a Sento Sé, cidade a 3 horas de Petrolina, com 41 mil habitantes e de onde partem os interessados em encontrar ametista na Serra da Quixaba.

Há pouco mais de dois meses, a existência desta jazida era desconhecida e, agora, pessoas da região e de outros estados do país se arriscam em uma aventura perigosa e sofrida. Estimativas apontam que a novidade já atraiu mais de 8 mil pessoas para a região, ainda que ela seja de difícil acesso.

O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar às quartas-feiras na TV Globo, depois do futebol.