Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Profissão Repórter’

Profissão Repórter, hoje (6) Gravidez precoce ganha destaque

De cada cinco bebês nascidos no Brasil, um é filho de uma adolescente. O ‘Profissão Repórter’ desta quarta-feira (06/12) destaca essa realidade e analisa os obstáculos enfrentados pelas jovens mães.

O jornalista vai ao Pará contar a história de Thaís. Aos 11 anos, ela teve seu primeiro filho e, apesar da suspeita de sífilis, não faz tratamento – um dos motivos é o ciúme do marido.

Em uma visita à maternidade Bárbara Heliodora, a maior do Acre, a repórter Eliane Scardoveli encontra oito meninas grávidas. Na sala de espera do pré-natal, ela conhece uma jovem de 14 anos, exemplo de como a falta de informação é um problema. Em uma escola estadual da capital, Rio Branco, existe até um uniforme especial para as alunas grávidas, de tão rotineira que é a situação. Algumas meninas voltam a estudar mesmo com os bebês no colo, contando com ajuda de professores e alunos.

Na Grande São Paulo, Nathália Tavolieri conhece Camila, de 17 anos, que tem um bebê de 6 meses. Expulsa de casa pela mãe, ela mora com o namorado e a sogra, que é a responsável pelo sustento da família. Atualmente, não trabalha e nem estuda.

O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar na TV Globo, depois do futebol.

Anúncios

Profissão Repórter, hoje (15) Jovens repórteres falam sobre experiência na redação

Nesta quarta-feira (15/11), o ‘Profissão Repórter’ dedica o programa para a experiência da 4ª edição do Globo Lab. Promovida pelo ‘Globo Universidade’, a iniciativa percorreu cinco capitais brasileiras para conversar sobre jornalismo com universitários e integrantes de coletivos de mídia.

Mais de 1.000 jovens participaram das palestras e 140 deles toparam um desafio: gravar e editar uma reportagem. As dez duplas com os melhores trabalhos foram convidadas a participar da vivência na redação de Caco Barcellos. Além de exibir as atividades do Globo Lab, o programa detalha a experiência pelo ponto de vista de alguns participantes, que compartilham suas histórias com a equipe, e também exibe trechos das reportagens produzidas pelos jovens talentos.

A mãe de uma vítima de bala perdida no Rio de Janeiro, o protesto de camelôs no centro de Belo Horizonte e os impactos da tragédia de Mariana em uma comunidade indígena são alguns dos assuntos trazidos pelos participantes em suas reportagens.

O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar na TV Globo, depois do futebol.

Profissão Repórter, hoje (8) dificuldades no retorno de pessoas com câncer ao mercado trabalho

O Profissão Repórter desta quarta-feira (08) traz um retrato de pacientes de câncer que tentam retomar a vida depois do tratamento, dos desafios para voltar ao trabalho às burocracias para conseguir o auxílio-doença da Previdência. A doença atinge quase 600 mil brasileiros todos os anos.

A Previdência concede por mês, em média, 45 mil afastamentos , entre auxílios-doença e aposentadorias por invalidez, segundo o estado de São Paulo. Somente 4% são casos de câncer. A repórter Mayara Teixeira registrou a indignação de pacientes que chegam às perícias do INSS com laudos e exames, mas têm seu benefício negado. Eles reclamam do atendimento dos médicos peritos. O INSS afirma que a avaliação é técnica e as negativas não se relacionam à crise orçamentária da Previdência.

 

O Profissão Repórter vai ao ar nesta quarta (08), após o futebol.

Profissão Repórter, hoje (1) onda de ocupações em São Paulo

Divulgação – TV Globo

Sete mil barracas de lona ocupam hoje um grande terreno de 60 mil metros quadrados em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. A ocupação, planejada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), completa dois meses no começo de novembro. Os repórteres Caco Barcellos e Guilherme Belarmino acompanharam o dia a dia dentro do movimento e ao redor do terreno que pertence a construtora MZM. A presença das milhares de barracas de lona mexeu com a rotina e os ânimos da vizinhança.

O repórter Erik von Poser registrou o nascimento de uma ocupação. Famílias ligadas à Frente de Luta por Moradia (FLM) entraram em um prédio comercial vazio no centro de São Paulo. Grande parte das pessoas veio de outras ocupações do movimento para a assembleia que começou a organizar a rotina e as divisões de tarefas.

O repórter Estevan Muniz acompanhou o impasse vivido pelos moradores de uma outra ocupação do centro de São Paulo: a ocupação Mauá, que completou 10 anos. O dono do prédio e a Prefeitura discutem na Justiça um valor para a venda do imóvel.

O “Profissão Repórter” vai ao ar nesta quarta (01/11), na TV Globo, depois do futebol.

Profissão Repórter, hoje (25) mundo dos leilões

 

O ‘Profissão Repórter’ desta quarta-feira (25/10) apresenta histórias por trás das retomadas de propriedades por falta de pagamento ou cobrança de dívidas.

A equipe do ‘Profissão Repórter’ visita um leilão que colocou à venda mais de 300 imóveis de pessoas que não conseguiram pagar as dívidas de financiamento. O repórter Caco Barcellos conhece algumas famílias que estão a um passo de perder a moradia, e todas contam que a inadimplência surgiu com o desemprego e a dificuldade em renegociar a dívida.

Guilherme, por sua vez, mostra o lado das pessoas que veem nos leilões uma oportunidade de negócio. O repórter vai a Barretos, no interior de São Paulo, para conhecer um advogado especialista que oferece cursos na internet e ensina como lucrar com os imóveis que têm pendências na Justiça. Uma de suas ex-alunas é Vera, que viaja pelo mundo com o lucro da revenda de 15 apartamentos adquiridos em leilões.

O programa também trata de leilões de bens adquiridos com dinheiro desviado dos cofres públicos. Apartamentos com vista para o mar, relógios e carros de luxo são alguns dos bens que, segundo a Justiça, foram apreendidos no Rio de Janeiro e estão avaliados em R$ 15 milhões. O repórter Estevan Muniz vai aos imóveis e acompanha o leilão deles.

O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar na TV Globo, depois do futebol.