Anúncios

Archive

Posts Tagged ‘ator’

Ator de Tropa de Elite descobriu a manipulação por trás da delação da JBS

Vídeo retirado do YouTube – Canal polica MENTE BR

Anúncios

Ator Nelson Xavier morre nesta quarta-feira

Divulgação TV Globo

O ator e diretor Nelson Xavier faleceu nesta quarta-feira (10/05) na cidade de Uberlândia, de insuficiência respiratória em decorrência de um câncer. Ele tinha 75 anos e lutava contra a doença há 14 anos. O corpo do ator será cremado no Rio de Janeiro.

Paulistano, Xavier foi um dos grandes nomes da TV, do cinema e do teatro. Na Globo, coleciona personagens marcantes, como Lampião, da minissérie “Lampião e Maria Bonita” (1982), Norberto, de “Renascer” (1993) e Sebastião, de “Senhora do Destino” (2004). O ator também teve passagem pela Manchete com o personagem Leopoldo Canjerê em A História de Ana Raio e Zé Trovão (1990), entre outros. Seu último trabalho na TV foi uma participação na novela das nove “Babilônia” (2015). Dois anos antes, ele havia feito o monge budista Ananda Riponche, na novela das seis “Joia Rara” (2013). Xavier completaria 49 anos de Globo este ano. Seu primeiro trabalho na empresa foi em Sague e Areia (1968).

Formado na Escola de Artes Dramáticas da Universidade de São Paulo e um dos nomes do Teatro de Arena, Nelson Xavier decidiu enveredar para as artes audiovisuais após o golpe de Estado de 1964. Em depoimento ao projeto Memória Globo, em 2015, afirmou que “não tinha estrutura cultural e psicológica” para aguentar a perseguição política. O ator havia feito parte do elenco de montagens clássicas do teatro nacional, como “Eles Não Usam Black-tie” (1958), de Gianfrancesco Guarnieri, e “Julgamento em Novo Sol” (1962), de Augusto Boal.  

No cinema, Nelson esteve em sucessos como “Dona Flor e seus Dois Maridos” (1976) e “Vai Trabalhar, Vagabundo!” (1973). Mais recentemente, em 2010, viveu o médium Chico Xavier, na cinebiografia homônima dirigida por Daniel Filho. Em um dos seus últimos trabalhos, no longa-metragem “A Despedida”, rodado em 2013, viveu um homem em estado terminal. Durante uma entrevista para o lançamento do filme na Mostra de Cinema Tiradentes, em 2015, o ator citou a doença que havia sido diagnosticada em 2004. “A experiência de encarar a finitude é uma coisa que eu já tinha em mim. A decadência física te ensina a entender mais a vida”, declarou, em entrevista ao jornal “O Dia”. Também participou do filme A Floresta que se move (2015).  

Sua última aparição pública foi na exibição do longa-metragem “Comeback” durante o Festival do Rio deste ano. No drama de Erico Rassi, Nelson Xavier interpretou Amaro, um ex-pistoleiro que se refugia numa pequena cidade de Goiás após sua aposentadoria.  

Nelson Xavier deixa a mulher, a atriz Via Negromonte (Wilma Fernandes Negromonte), e quatro filhos.

Agradecimento FabioTV

Aos 61 anos morre o ator Bill Paxton, de Titanic e Apollo 13

Foto – Divulgação

Neste domingo, 26 de fevereiro, foi anunciado o falecimento do ator Bill Paxton, aos 61 anos de idade. Ele foi vítima de complicações após uma cirurgia, como afirma o comunicado da família:

“É com grande pesar que informamos a morte de Bill Paxton devido a complicações de uma cirurgia. Como pai e esposo amoroso, Bill começou a sua carreira em Hollywood trabalhando no departamento de arte, e depois construiu uma carreira ilustre que cobriu quatro décadas, nas funções de ator e diretor. A paixão de Bill pelas artes foi percebida por todos que o conheceram, e seu afeto e energia incansável eram inegáveis. Pedimos respeito ao desejo da família de ter privacidade neste período de luto pelo adorado marido e pai”.

Bruno Gissoni entra em “Malhação” como Toninho, irmão de Joana

Divulgação TV Globo

Galanteador, ambicioso e bastante malandro. Assim é Toninho (Bruno Gissoni), filho de Agenor (Jackson Antunes) e irmão de criação de Joana (Aline Dias). Ele surge na Forma procurando pela “herdeira da academia” e todos desconfiam da aparição repentina do rapaz, ainda mais porque Joana nunca havia falado dele.

Toninho tenta conquistar a todos, especialmente para ganhar a confiança das pessoas e fazer o que bem entender por ali. Quando criança, era amigo e protetor, mas transformou-se em um homem manipulador e movido pelo dinheiro. É apenas diante de Joana que ele mostra sua verdadeira identidade por trás de uma voz doce e um sorriso cordial.

Ela bem tem seus motivos para nunca ter falado da existência de Toninho. O rapaz fez parte de um passado no Ceará que ela gostaria de esquecer para sempre e que, agora, corre o risco de vir à tona.

Bruno Gissoni volta ao set de Malhação, seis anos após sua estreia na Globo, exatamente na crônica jovem. Durante um intervalo de gravação, ele falou sobre o caráter dúbio de Toninho. “O personagem tem suas camadas e os porquês de agir. Ele tem um segredo de Joana e está disposto a revelar tudo. É um pouco mulherengo e usa isso pra desestabilizar a irmã porque começa a dar em cima de todo mundo em volta dela. Acho que tudo isso faz parte de um jogo dele”, aposta.

Gloria Perez lamenta morte de Duda Ribeiro

Reprodução – Facebook – Gloria Perez – legenda; Daniella Perez e Duda Ribeiro

No último dia 14 de setembro, morreu o ator Duda Ribeiro. A novelista Gloria Perez lamentou o falecimento e deixou mensagem de condolências no Facebook:

“Duda chegou em nossa familia na adolescência, como o primeiro namorado sério da Dany. E ficou pra sempre, como um amigo querido e presente. Hoje ele foi embora, depois de lutar tanto e tão bravamente pela vida. Muita saudade, Duda!”.

Duda morreu aos 54 anos. O artista enfrentava o processo de quimioterapia para tratamento de um tumor neuro-endócrino. O quadro evoluiu para uma pneumonia grave e resultou em choque séptico.

Entre seus trabalhos, Duda participou das novelas Barriga de Aluguel, Salve Jorge, Caminho das Índias, Pecado Capital, Tapas & Beijos, entre outras produções.

Minhas condolências aos familiares, amigos e fãs do ator.